Qua, 02 de Setembro de 2015

Quem Está Online

Nós temos 5 visitantes online

A mais charmosa pousada da cidade das serestas. O vídeo é uma amostra de tudo o que a Pousada D'Amoras tem a oferecer a você.

Assista o vídeo.

Galeria de Hóspedes

Paulo canto...
Image Detail

Próximos Eventos

No current events.

Meio ambiente: nossa prioridade


• Ajudamos na coleta seletiva de lixo
• Nosso esgoto é tratado em fossas sépticas
• Utilizamos energia solar

Eventos e Turismo PDF Imprimir E-mail
Escrito por Deolinda   
Sex, 07 de Maio de 2010 23:09

PRINCIPAIS EVENTOS EM CONSERVATÓRIA - 2015

 

Agosto

Dias 13 a 16 - Torneio Leiteiro - Criadores de gado se reúnem para disputar o prêmio de melhor produção leiteira da região. Forró à noite.

Dia 29 - Encontro dos Seresteiros - Tradicional e importante evento que atrai músicos de várias partes do país para cantar nas ruas de Conservatória.

Setembro

Dias 4 a 7 - CineMúsica - Evento homenageia a música no cinema, com participação de artistas e cineastas. Em paralelo, feira gastronômica e exibição gratuita de filmes em tendas espalhadas pela cidade.

Dias 19 e 26 - Noites do Choro, com Ronaldinho do Cavaquinho e convidados. Apresentação gratuita na praça da Matriz.

 

 

Todas as sextas e sábados - Seresta a partir das 21h na Casa da Cultura e Serenata pelas ruas a partir das 23h.

Todos os sábados de 11h às 13h - Chorinho na praça

Todos os domingos das 10h30 às 12h30 - Solarata, na rua de pedestres.

 

O nome Conservatória tem sua origem em Portugal e se refere a um tipo de cartório de registro de populações. Originalmente, a cidade era chamada “Conservatória dos Índios”, o lugar onde os portugueses que iniciaram a colonização do lugar cadastravam os índios Araris, originários da região.  A cidade, de clima seco e frio, fica a 600 metros de altitude e sua temperatura média é de 20 graus. Mesmo no verão, as noites de Conservatória são frescas e agradáveis. Conservatória fica a 160 quilômetros do centro do Rio de Janeiro e a 450 quilômetros de São Paulo.

Quem entra em Conservatória pelo Túnel que Chora notará em suas paredes a rusticidade da construção. O túnel foi cavado pela mão dos escravos para dar passagem à linha férrea. Foi dali, dos cascalhos de pedra do túnel, que se fez o pavimento das ruas de pé-de-moleque que ainda hoje são parte da arquitetura da cidade. Construída no ciclo do café, Conservatória tornou-se nacionalmente conhecida pelas serestas que promove sob suas noites estreladas. É um dos mais antigos distritos de Valença/RJ e tem sua arquitetura colonial característica do século dezenove tombada pelo patrimônio histórico municipal.

A cidade das serestas – tocada em ambientes fechados - e das serenatas (apresentada nas ruas, sob o sereno) também oferece uma paisagem de vales, cachoeiras e pequenas reservas de Mata Atlântica, com ipês, quaresmeiras, espatódias, paineiras e diversas espécies que deslumbram o olhar do visitante.  Um dos grandes atrativos de Conservatória é a espontânea participação de artistas profissionais ou amadores, e até mesmo de visitantes, que das cantorias nas ruas ou nos restaurantes, incentivados e envolvidos pelo clima artístico da cidade.

Outro atrativo para o turista é a segurança tranqüilidade do lugar. Não há desemprego em Conservatória, porque o turismo ocupa intensivamente a mão-de-obra local. Talvez por isso, não há crianças abandonadas nas ruas, não há flanelinhas, nem pedintes ou favelas. E os índices de criminalidade são praticamente nulos.

O QUE CURTIR EM CONSERVATÓRIA

Sexta-feira e véspera de feriados

- 20h30 - Serenoite – chorinho e canções na rua de lazer, onde ficam os restaurantes Aconchego e Dó-Ré-Mi. Dura até a saída da serenata.
- 21h30 – Seresta – começa a reunião no Museu da Seresta.
- 23h – Serenata – sai do Museu da Seresta e percorre as ruas até meia-noite e pouco.
- Após a serenata, volta do pessoal do Serenoite. Depois, tem música e dança na Taberna.

Sábado

- 11h às 13h – Matinata. Os músicos circulam pelas ruas da cidade  apresentando as canções de amor típicas do movimento musical da ccidade.
- 19h - Centímetro – Réplica do cinema Metro Tijuca, na rua em frente ao posto de gasolina. Sessão de 50 minutos conta a história do museu e exibe trailer com os melhores momentos da Metro (E o vento levou, Cantando na Chuva etc.)


- A partir das 20h30, repete-se a programação de sexta nas ruas e restaurantes.

Domingo

- 10h / 12h–Solarata na rua de lazer.
- Todo quarto domingo do mês, tem missa dos seresteiros a partir das 9h na Igreja de Sto. Antonio.

IMPORTANTE! NÃO BUZINE NA SERENATA.

RESPEITE O RITUAL DOS MÚSICOS.

DICAS IMPORTANTES

Acenda o farol - Antes da entrada do Túnel que Chora, na chegada à cidade, acenda o farol. Se houver outro farol aceso do outro lado, aguarde sua vez. Não force a passagem para evitar conflitos desnecessários. A mão é sempre de quem acende o farol e entra no túnel primeiro. Boa vontade, calma e cordialidade são características de Conservatória.

Dinheiro no bolso – Só há dois caixas eletrônicos em Conservatória (Banco do Brasil e HSBC 24 horas), e a maioria dos estabelecimentos não aceita cartões de crédito. Portanto, além de cheque, é fundamental ter dinheiro em espécie para pequenas despesas.

Como chegar – Quem vem do Rio de Janeiro, pega a Rodovia Presidente Dutra, após a Serra das Araras entra em Piraí, segue 28 quilômetros até Barra do Piraí, corta a Rodovia Lúcia Meira e sobe pela estrada que vai para Ipiabas. Quem vem de São Paulo deve pegar a Rodovia Presidente Dutra, entrar na saída 265 após Resende e Barra Mansa, que indica Barra do do Piraí-Salvador, percorrer Volta Redonda (a rodovia Lucio Meira é paralela à usina CSN) e seguir até Barra do Piraí, onde a a estrada tem um canteiro central. Pegar o retorno à esquerda, quase em frente ao posto Mega, e entrar na estrada que indica Ipiabas-Conservatória. Dali até Conservatória são 28 km. Ao chegar à cidade, entrar no Túnel que chora, dobrar à direita e seguir em linha reta. A rua da pousada é a primeira à direita após o único posto de gasolina da cidade.

Respeito à tradição - A serenata sai pelas ruas a partir das 23 horas de sextas e sábados. Como num ritual, as pessoas acompanham vagarosamente a serenata enquanto os músicos entoam as belas canções. É preciso ter paciência e respeito, pois as ruas ficam ocupadas por centenas de pessoas. Não buzine nem pressione os visitantes com seu carro. Conservatória é uma cidade onde se preserva a calma, o respeito e a tranqüilidade local.

Salto alto - As ruas calçadas com pé-de-moleque, características do período colonial, podem incomodar quando se caminha por elas com salto alto. Assim, é recomendável o uso de sapatos confortáveis para acompanhar a serenata pelas ruas da cidade.

O QUE CONHECER

Serra da Beleza – Com quase mil metros de altitude e a 12 quilômetros do Centro de Conservatória, no caminho para Santa Isabel, oferece um deslumbrante vista da serra da Mantiqueira, com vales a perder de vista. Nas noites estreladas de luva nova, os visitantes privilegiados podem se surpreender com a aparição de misteriosas luzes que circulam pelo vale.
Ponte dos Arcos – A cinco quilômetros do Centro, pela estrada que vai para Pedro Carlos, foi construída durante a colonização para dar passagem à Maria Fumaça, integrando a via férrea da Rede Mineira de Viação. É uma imponente construção de dois arcos, constituída por blocos de pedras ligados por óleo de baleia.
Túnel do Capeirão – Pouco antes da Serra da Beleza, em um acesso à direita da estrada, segue-se por quase dois quilômetros para encontrar o túnel. São 500 metros cavados na pedra pelos escravos ao longo de três anos, por onde passava a Maria Fumaça em seu caminho para as Minas Gerais. Além de nascentes, pode-se observar bromélias gigantes que florescem favorecidas pela umidade e luminosidade ideal para seu desenvolvimento.
Cachoeira Ronco D'Água – Localizada a 14 km de Conservatória, o balneário é opção ideal nos finais de semana. Com várias piscinas naturais e quedas d'água maravilhosas, o Ronco D'Água é uma estância privada, que cobra pela entrada e oferece infraestrutura de lazer, com bar, banheiro e espaço para churrascos da família. Não funciona às segundas-feiras nem abre em dia de chuva.
Fazenda Santa Clara – Em Minas Gerais, na divisa com o Rio de Janeiro, distante 25 quilômetros de Conservatória, a fazenda foi o cenário da novela Terra Nostra. Com quase 200 anos, é uma imponente construção com 365 janelas. Segundo documentos em posse dos herdeiros, foi a única fazenda do Brasil a se tornar um local de reprodução de escravos. Ainda conserva a senzala e o pelourinho originais.
Fazendas São João da Prosperidade e Taquara – Abertas à visitação marcada com antecedência, também integram o Ciclo do Café na região. A primeira preserva moedas em couro, que eram utilizadas na troca de gado e café. A Taquara é a única da região ainda produtora de café e possui equipamentos originais de quase dois séculos para processar o grão. As duas estão localizadas no município de Barra do Piraí e distam cerca de 20 quilômetros de Conservatória, por estrada de asfalto.
Arte e poesia – Conservatória vem se tornando, aos poucos, uma cidade de artistas. Além de músicos, pintores, escultores e poetas transformaram Conservatória em seu lar e local de criação. É importante conhecer o ateliê “Arte do Fogo”, com peças de porcelana retratando a cidade; a “Casa do Poeta”, com saraus de poesia e aquarelas; a Casa D’Arte, onde o artista mostra sua criação de esculturas de santos barrocos em papel; o Museu Vicente Celestino, com discos, roupas e peças do cantor; o Museu Silvio Caldas, com o acervo do artista e de outros grandes nomes da seresta; e, finalmente, como principal atração da cidade, o Museu da Seresta, criado pelos irmãos José (já falecido) e Joubert Borges, maiores divulgadores do estilo musical que consagrou Conservatória.
Aventura – A cidade de Santa Rita do Jacutinga (MG), próxima a Conservatória, é conhecida como a “Cidade as Cachoeiras”. São mais de 70 quedas d’água, com corredeiras e paredões que favorecem o turismo de aventura. Há pacotes que incluem vôo livre, rafting, rapel, trilhas e cavalgadas. No site www.cidadedascachoeiras.com.br é possível conhecer todo o potencial turístico do lugar.

Para informações sobre pontos turísticos, acesse
www.seresteiros.com.br www.conservatoria.tur.br www.conservatoria.com.br

Última atualização em Qua, 29 de Julho de 2015 02:32
 

A Pousada D'Amoras é indicada pelo Guia 4 Rodas, que só seleciona estabelecimentos de qualidade.


Este site é melhor visualizado no navegador Firefox.